Chuva inunda asilo no Rio Grande do Sul

05 de julho de 2014, escrito por Redação i3i, na categoria O que nos inspira

Fonte

As fortes chuvas que atingiram Porto Alegre (RS) nesta semana inundaram o Asilo Padre Cacique, instituição que abriga 150 idosos em situação de fragilidade social. Toda área do subsolo da instituição foi tomada pelas águas. Segundo a direção, ainda não há uma estimativa precisa dos prejuízos, que podem chegar a R$ 50 mil. O estoque de leite da instituição também foi atingido pelas águas da chuva. Cerca de 1,2 mil litros do alimento que haviam sido recebidos como doação serão jogados fora. “O subsolo foi todo inundado. Foram atingidos a farmácia, a lavanderia, a rouparia, a biblioteca, a área de fisioterapia, a sala de artesanato, a sala de informática e o centro de convivência dos vovôs. Perdemos todos os computadores, as roupas dos funcionários, muitos trabalhos manuais. Nossa sorte é que nenhum vovô se machucou, pois a água ficou apenas no subsolo”, afirmou o presidente do Asilo Padre Cacique, Edson Brozoza. Exemplo de dedicação ao próximo, o advogado caminha pelos corredores do asilo como quem está em casa. Fala com cada interno com carinho, olha nos olhos, cumprimenta cada senhora com cordialidade e atenção. Afeto visivelmente retribuído pelos internos com entusiasmo cada vez que ele aparece.


Instituição precisa de material de limpeza e higiene pessoal

Para enfrentar esse momento de difuldade, a coordenação do Padre Cacique está solicitando ajuda da população por meio materiais de limpeza e de higiene pessoal. Os interessados em entregar doações podem entrar em contato com o Padre Cacique através do telefone (51) 3233.7571. A instituição está localizada na Av. Padre Cacique, 1178, em Porto Alegre.

O Asilo Padre Cacique reúne idosos de diversas cidades gaúchas. Muitos deles foram abandonados pelas famílias, geralmente sem condições financeiras para custear cuidados mínimos necessários para com eles. Alguns foram deixados na porta do asilo e nem sequer recebem visitas. Os idosos são mantidos pelo asilo, que sobrevive à base de doações.  No local, eles têm de tudo. Várias refeições ao dia, roupas que chegam por meio de doações, oficinas de artes e até bailes. Ações essas realizadas com apoio de um time de voluntários da comunidade gaúcha. Para os enfermos, há cuidados especiais em enfermarias e suporte médico para exames via convênios com instituições de saúde, já que  os idosos não têm tempo para esperar por um procedimento via SUS. 



Subsolo abrigava sala de informática e de artesanato. Rouparia foi uma das áreas atingidas

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe pelo Facebook


Tags: Doações,

Notícias relacionadas:

Ou se preferir veja uma listagem com todas as notícias do i3i!

Comentários!
Use a caixa de comentários abaixo para comentar, compartilhar e interagir com os leitores do site.

O i3i também está no Facebook

Veja abaixo o que os seguidores da nossa fanpage estão dizendo sobre essa matéria.


Você também vai gostar de ...

Encontre-nos no Facebook

i3i ® 2014. Todos os direitos reservados.