Fique atento aos primeiros sinais do alcoolismo

12 de agosto de 2014, escrito por Redação i3i, na categoria Saúde

Fonte

O alcoolismo, problema caracterizado pela dependência de bebidas alcóolicas e considerado um mal crônico pela Organização Mundial da Saúde (OMS), já afastou mais de 100 mil pessoas do emprego nos últimos seis anos. De acordo com dados do Ministério da Previdência, só em 2013, 16.480 pessoas foram demitidas ou abandonaram seus afazeres devido à doença. Por isso, é preciso estar atento aos sinais que podem identificar se alguém da família ou do círculo de amigos está desenvolvendo alcoolismo.
 


Uma das dicas é cuidar a frequência com que se bebe e os motivos que levam`ao álcool

Tanto o consumo de álcool como o desenvolvimento de problemas relacionados é mais comum entre os homens. Outro fator de preocupação é que o histórico familiar de parentes com problemas relacionados ao alcoolismo está associado ao risco de desenvolver a doença. Foi o que aconteceu com empresário RJ, 59 anos. Todos os dias antes do almoço e do jantar ele ingeria um copinho de pinga, mesmo que a comida já estivesse servida na mesa. Durante a refeição, a cerveja acompanhava o prato principal e seguia no copo durante o jogo de futebol noite à dentro. Nem mesmo o tratamento contra o câncer que lhe tirou a vida o afastou da bebida. O hábito veio de casa. Seu pai passou a vida servindo uma tradicional “bimba” a toda a família antes das refeições. Até as crianças ganhavam um refrigerante batizado de vermute.

Segundo especialistas do Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (CISA), que há dez anos criou um banco de dados sobre o álcool e seus desdobramentos na área da saúde, há uma série de sinais que podem indicar a necessidade de maior atenção. 

Preste atenção nessas questões:

• Com que frequência a pessoa bebe e em quais ocasiões (sozinho, entre amigos, em festas);
• Se a quantidade ingerida vem aumentando gradativamente;
• Se há um padrão no consumo. Por exemplo: todo dia após chegar do trabalho ou antes de comer;
• Se o consumo de álcool atua como uma ferramenta para lidar com estados afetivos negativos, como o estresse ou a tristeza;
• A frequência em que a pessoa exala ou apresenta hálito alcoólico;
• Mudanças frequentes de humor ou irritabilidade;
• Falta de assiduidade no trabalho e/ou queda no rendimento;
• Se está apresentando aparência mais desleixada;
• A falta de envolvimento em atividades que antes o interessavam;
• Se tem se mostrado mais cansado, com baixa energia ou preguiça constante.


Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe pelo Facebook


Tags: Vício,

Notícias relacionadas:

Ou se preferir veja uma listagem com todas as notícias do i3i!

Comentários!
Use a caixa de comentários abaixo para comentar, compartilhar e interagir com os leitores do site.

O i3i também está no Facebook

Veja abaixo o que os seguidores da nossa fanpage estão dizendo sobre essa matéria.


Você também vai gostar de ...

Encontre-nos no Facebook

i3i ® 2014. Todos os direitos reservados.