Idosos orientais são mais plugados e preferem SMS

12 de abril de 2014, escrito por Redação i3i, na categoria Finanças

Fonte




Estudo do McCann Truth Central desnudou as diferenças e as preferências de idosos ao redor do mundo quando o assunto é aparelhos eletrônicos. O levantamento indicou que no oriente os idosos estão mais ligados na tecnologia já que 70,7% usam telefone ou tablets como forma de se comunicar, enquanto no ocidente este número chega só a 32%. Na segregação dos perfis de usuários da terceira idade, 70,7% dos orientais admitem que vídeos de alta resolução são importantes no seu dia a dia, 41% encaram os smartphones como aparelhos de entretenimento e 60% dos entrevistados admitiram que a rede móvel de acesso de dados influencia nas sua personalidade. No ocidente,os vídeos são utilizados por 35% dos entrevistados, 15,3% disseram que o telefone é uma forma de diversão e apenas 33% se declararam influenciados pela conexão móvel.

O estudo analisou pessoas acima dos 55 anos de países como Estados Unidos, Alemanha, Espanha, Reino Unido, China, Índia e Japão. Em linhas gerais, os pesquisadores descobriram que os idosos do oriente se envolvem mais com a tecnologia enquanto os do ocidente preferem mais contato pessoal.

A dependência dos telefones é tão grande que 54,7% dos orientais acreditam que o mundo ficaria mais triste se a telefonia móvel desaparecesse. No ocidente, o percentual é de 43,3%. A pesquisa também abordou a troca de mensagens de texto entre os idosos. No ocidente, 86% dos idosos desejam receber muitas mensagens. Por outro lado, no oriente, 70,3% deles querem justamente o contrário. E mais: no ocidente, a preferência é pelo contato por ligações enquanto no oriente a prioridade é se falar por mensagens de texto e emails. A propósito, 10,3% dos idosos do ocidente usam seus aparelhos eletrônicos para realizar estas atividades contra os 40,7% dos idosos do oriente. O destaque é a Índia, onde quase a metade dos idosos prefere as mensagens.

A pensionista Júlia de Quadros, 71 anos., conta que usa o telefone celular apenas por necessidade. E a preferência é por falar com as filhas ou para fazer ligações mais rápidas, já que só sabe ler as mensagens de texto que recebe, não conseguindo respondê-las por problemas de visão. Ela cita outro motivo para evitar as mensagens: "A linguagem é toda por gíria e não sei escrever assim". A pensionista conta que, na hora de brincadeiras e bate papo com os amigos, opta mesmo é pelo telefone convencional.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe pelo Facebook


Tags: Tecnologia,

Notícias relacionadas:

Ou se preferir veja uma listagem com todas as notícias do i3i!

Comentários!
Use a caixa de comentários abaixo para comentar, compartilhar e interagir com os leitores do site.


Você também vai gostar de ...

Encontre-nos no Facebook

i3i ® 2014. Todos os direitos reservados.