Namorar é saudável, mas sempre de camisinha

24 de abril de 2014, escrito por Redação i3i, na categoria Relacionamento

Fonte




O geriatra da Santa Casa de Misericórdia, Eduardo Garcia, considera que namorar na terceira idade aumenta o convívio e afasta o idoso dos problemas associados ao isolamento social. Com isso, explica ele, há um menor risco de depressão e retarda-se o surgimento de doenças degenerativas. Entretanto, alerta, assim como os jovens, os idosos não podem se descuidar da prevenção para doenças sexualmente transmissíveis (DST). Se por um lado idosas não engravidam mais, por outro, não estão imunes ao contágio da Aids. Por isso, nada de abrir mão da camisinha, mesmo que ela dificulte “os trabalhos”.

Como a maior parte dos idosos vem de experiências prévias, são pessoas mais maduras, mas com metabolismo mais lento, em busca de carinho, afeto, convívio social, e, inclusive, de sexo. “Eles valorizam mais o convívio social do que a relação sexual”, esclarece o geriatra.

O perfil do idoso que namora

- Em geral, se dividem entre pessoas viúvas, separadas e, em menor número, solteiras.
- São saudáveis e preocupadas em qualidade de vida e, normalmente, aparentam idade inferior à real, fruto de investimentos em atividades físicas e beleza em geral.
-Ao contrário dos mais jovens, apressados por natureza para chegar à relação sexual, que na maioria das vezes vem antes do próprio conhecimento do companheiro (a), os idosos têm paciência para esperar pelo sexo.
- O casamento está em segundo plano, já que a maioria já constituiu família e tem seus próprios filhos.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe pelo Facebook


Tags: Sexo,

Notícias relacionadas:

Ou se preferir veja uma listagem com todas as notícias do i3i!

Comentários!
Use a caixa de comentários abaixo para comentar, compartilhar e interagir com os leitores do site.


Você também vai gostar de ...

Encontre-nos no Facebook

i3i ® 2014. Todos os direitos reservados.