Nunca é tarde para ser pai

09 de agosto de 2014, escrito por Redação i3i, na categoria Relacionamento

Fonte

Conteúdo exclusivo © i3i

Ser pai é uma experiência incrível e indescritível. Cada filho que nasce tira um pedaço, mas entrega um mundo de alegrias e renova as esperanças. Apesar do amor que brota cada vez que se sabe de um novo rebento a caminho, a experiência depende da idade que sem tem. Uma alegria incondicional que invade as famílias neste Dia dos Pais. Ter um filho aos 30 é muito diferente de ter aos 60, quando, a maioria já está preparada para ser avô. Imagine então acumular essas duas experiências ao longo da mesma trajetória. Uma dádiva só concedida aos homens, talvez uma compensação divina ao prazer único dado às mulheres de gerar a vida. É o caso do economista e advogado Geraldo José Michelotti, de 70 anos, que teve o primeiro filho aos 28 e o último aos 62 e garante: agora sim “fechou a fábrica”. Enquanto vê os próprios filhos crescerem, ainda acumula a experiência de ser avô de Pedro, 17, e de Sofie, 3.

 


Homens têm a dádiva de poder ser pais em qualquer idade

Michelotti conta que o caçula foi muito desejado por ele e pela segunda esposa Vera Lúcia, de 43 anos, com quem já havia tido Gianluca, 14. Hoje, Luigi, de apenas 9 anos, rejuvenesceu o pai, que não tem vergonha de entregar-se a brincadeiras. Ser pai na maturidade, destaca ele, permite um modo de educar totalmente diferente. Com mais tempo, também é possível conviver mais com as crianças, acompanhar seu desenvolvimento e dedicar-se a elas. Algo que não aconteceu na criação dos filhos do primeiro casamento, Fernanda, de 43 anos, e Fernando, de 37, uma época em que Michelotti trabalhava muito.


A vivência com os filhos menores ainda reaproximou Michelotti dos mais velhos e dos próprios netos. Atualmente, o advogado, os quatro herdeiros e os netos convivem mais e viajam para diversos lugares juntos. Diante da união e do clima de família, o economista brinca dizendo que é o primeiro a acompanhar os filhos e netos em passeios que envolvam aventuras e que adora montanha russa. Apesar de estar acostumado com as piadas dos amigos que dizem que seus filhos mais parecem seus netos, Michelotti não dá bola. “Sou idoso. Tenho planos para o futuro e novas perspectivas”, conta.



Geraldo José Michelotti foi pai aos 62 e adora acompanhar os filhos e seus amigos em brincadeiras e aventuras

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe pelo Facebook


Tags: Datas,

Notícias relacionadas:

Ou se preferir veja uma listagem com todas as notícias do i3i!

Comentários!
Use a caixa de comentários abaixo para comentar, compartilhar e interagir com os leitores do site.

O i3i também está no Facebook

Veja abaixo o que os seguidores da nossa fanpage estão dizendo sobre essa matéria.


Você também vai gostar de ...

Encontre-nos no Facebook

i3i ® 2014. Todos os direitos reservados.