O homem que constrói carros aos 83

27 de julho de 2014, escrito por Redação i3i, na categoria Hobby

Fonte


Aos 83 nos, Toni Bianco trabalha no conversível Bruna e já planeja os modelos Isabela e Giovana

Com disposição de sobra, um dos maiores mitos da indústria automotiva brasileira segue na ativa e de bem com a vida. Embora tenha nascido na Itália, Toni Bianco chegou muito jovem ao Brasil e foi aqui que fez carreira como um grande carroziere esportivo. Aos 83 anos, ele trabalha em um novo projeto e desenvolve o conversível Bruna, que leva o nome da neta. "Sabe porque eu comecei este carro? Não tenho nada pra fazer. E um homem de 80 anos ficar sem fazer nada, você morre antes do tempo", disse ele em vídeo gravado pela WebMotors. Assim que acabar este projeto, Toni Bianco, que tem outras duas netas, já tem novos planos: pretende fazer mais dois carros, um para Isabela e outro para Giovana. 

Todos os dias ele acorda por volta das 7h para fazer caminhada e ginástica. Às 9 h, vai para a oficina. "Deus me deu uma cabeça muito boa. A cabeça que se une com as mãos para trabalhar", disse Bianco, que conta passar os dias cantando e dando risada.


Bianco tem tantos admiradores que sua página no Facebook é obra de um fã. “Está página é minha homenagem ao Sr. Bianco. Infelizmente eu não o conheço pessoalmente, nem tenho contato com ele. Eu somente admiro o trabalho dele e apenas quero divulgar as belas obras de arte desse artista para todos”, diz o homem que identifica-se apenas como Fred.
Feitos e criações


Em 1970, Toni ganhou o Prêmio Victor de Melhor Construtor do Ano, oferecido pela revista Quatro Rodas, da Editora Abril.  Ele é criador de um carro esportivo com mecânica de Fusca, o Bianco, que teve mais de 1 mil unidades produzidas na década de 70. 

Em 1974, na empresa Toni Bianco Competições, passou a dedicar-se à preparação de carros de corrida. Nessa época, desenvolveu a versão urbana do Fúria, usando a plataforma e o motor Volkswagen. Já em 1976, no Salão do Automóvel, apresenta o Bianco S, seu carro de maior sucesso comercial.
Em 2005, aos 74 anos e já aposentado, foi convidado por Paulo Afonso Trevisan, da Associação Cultural Museu do Automobilismo Brasileiro, de Passo Fundo (RS), a construir mais um exemplar do Fórmula Junior. O sexto, pois não havia restado nenhum exemplar antigo completo. Realizou o trabalho apenas com base em fotografias e na sua memória.

 

Saiba mais sobre Toni Bianco

Ottorino (Toni) Bianco nasceu na cidade de Concórdia Sagittaria, província de Veneza, na Itália, em 1931. Na juventude, trabalhou como aprendiz na oficina mecânica de um primo. Logo, resolveu tentar a vida no Brasil, onde chegou com 21 anos. Em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, foi trabalhar em uma retífica.

Aos 23 anos, aproveitando seus conhecimentos mecânicos, foi trabalhar na oficina de Oliviero Monarca. Ele ajudava a fazer carros por encomenda, cada um com desenho, detalhes e características diferentes. Foi uma grande oportunidade para Toni, que, rapidamente, se integrou à equipe e encontrou o seu verdadeiro talento. 
Nos anos 60 e 70, ele seria reconhecido como grande projetista e construtor de carros esportivos.

 

Com informações dos sites: www.bandeiraquadriculada.com.br e www.lexicarbrasil.com.br/bianco



Sem nada para fazer, o italiano segue na ativa e é uma lenda viva da indústria automotiva brasileira



Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe pelo Facebook


Tags: Carros,

Notícias relacionadas:

Ou se preferir veja uma listagem com todas as notícias do i3i!

Comentários!
Use a caixa de comentários abaixo para comentar, compartilhar e interagir com os leitores do site.

O i3i também está no Facebook

Veja abaixo o que os seguidores da nossa fanpage estão dizendo sobre essa matéria.


Você também vai gostar de ...

Encontre-nos no Facebook

i3i ® 2014. Todos os direitos reservados.