Uma avó para dividir o amor pela vida e o guarda-roupa

25 de julho de 2014, escrito por Redação i3i, na categoria O que nos inspira

Fonte

Conteúdo exclusivo © i3i


Sônia Eliana Radin conta com orgulho que, aos 60, usa mesmas roupas da neta de 18 e ainda tem fôlego para cuidar do pequeno Marcelo de 1

Dizem que eles são pais com uma dose extra de açúcar. E deve ser verdade. Avós e avôs não dizem não, cobrem seus netos de muito amor, fazem todas as suas vontades e, geralmente, ainda têm tempo para se dedicar a uma rotina encantadora de brincadeiras. Pesquisas indicam que estar próximo dos netos faz remoçar e mantém a cabeça ativa. Afinal, são momentos de alegria e zelo sem a pressão que assume quem tem o compromisso de educar. 

 

Por isso, neste 26 de junho, Dia dos Avós, aproveite para dizer o quanto eles são ou foram importantes para você. Independente da idade que você tem ou se eles estão por perto. Se avós são anjos doces que seguem seus netos pela vida, eles devem cuidar da gente para sempre, olhar pelos nossos sonhos, orar pela nossa felicidade. E, se você tem o prazer de ser um avô, respire fundo... esse é o seu dia. Entregue-se à alegria de quem, de certa forma, veio de você sem amarras, sem freios. Mostre a seu netinho que a vida pode ser longa e boa e que você sabe o caminho. E que pode ensiná-lo.

 

Afinal, os avós de hoje já não vivem mais a vida dos netos nem ficam em casa à espera de migalhas de atenção. Eles são descolados, praticam esportes e sabem que vão viver muito. E estão preparados para isso. Como a advogada Sônia Eliana Radin, procuradora de Justiça. Aos 60 anos, ela não pensa em se aposentar tão cedo. Com tempo de trabalho e idade para se aposentar, este é um assunto que ela não quer nem parar para pensar. “Pretendo ir até a compulsória. Ainda tenho até os 70 para incomodar”, brinca a integrante do Ministério Público.

 

Além de ativa no mercado de trabalho, Sônia também é assídua nas atividades físicas. Desde muito jovem se dedicou a praticar esportes, começando pelo atletismo e pelo time de vôlei na escola, passando pela natação, jump e yoga, até o pilates e musculação. “Todas as modalidades que inventaram ao longo dos meus 60 anos eu fiz”, afirma a procuradora e atleta que se exercita três vezes por semana.

 

Mãe de três filhos, dos quais dois seguiram seus passos na prática regular de exercícios em busca da qualidade de vida, foi avó muito jovem, com apenas 42. Hoje, Sônia tem dois netos: Marcelo, com um ano recém-completo, e Gabriela, prestes a completar 18 anos. “Ela vem aqui e faz uma limpa no meu guarda-roupas. E nos sapatos também”, conta Sônia. 

 

A neta Gabriela pratica street dance e agora está aprendendo surf com o pai, um dos filhos de Sônia. Vaidosa com a aparência, a procuradora explica que gosta de roupa justa. O fato de vestir e calçar os mesmos tamanhos que a neta mostra que a dedicação de uma vida toda na atividade física valeu a pena, pois além de lhe garantir saúde ajudou a manter uma boa forma física. Seu desempenho impressiona tanto que ela é uma das voluntárias de estudo que busca definir um padrão para a prática de exercícios na terceira idade.

 


Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe pelo Facebook


Tags: Datas,

Notícias relacionadas:

Ou se preferir veja uma listagem com todas as notícias do i3i!

Comentários!
Use a caixa de comentários abaixo para comentar, compartilhar e interagir com os leitores do site.

O i3i também está no Facebook

Veja abaixo o que os seguidores da nossa fanpage estão dizendo sobre essa matéria.


Você também vai gostar de ...

Encontre-nos no Facebook

i3i ® 2014. Todos os direitos reservados.