Uma data para lembrar da saúde do Homem

14 de julho de 2014, escrito por Redação i3i, na categoria Saúde

Fonte

Uma iniciativa da Ordem Nacional dos Escritores Brasileiros, o Dia Nacional da Saúde do Homem, ou Dia do Homem, é comemorado no Brasil em 15 de julho desde 1992. De lá pra cá, a data, que em outros países é festejada em 19 de novembro, é dedicada à conscientização para os cuidados com a saúde masculina e para lembrar da importância da igualdade de gênero. Por isso, o Dia do Homem deve ser comemorado assim como o Dia da Mulher. Uma data não para destacar fragilidades, mas para valorizar o outro. Nesta terça-feira, aproveite para dar os parabéns e dizer a todos os homens da sua vida como eles são importantes para vocês.  


Dia do Homem é comemorado nesta terça-feira e alerta para a necessidade de maior cuidado com a prevenção de doenças.

Mas o Dia do Homem não é uma data apenas festiva, ele serve de alerta para milhares que não cuidam da saúde. Dados do Ministério da Saúde indicam que, a cada três mortes de pessoas adultas no Brasil, duas são de homens. No Brasil, os homens vivem, em média, sete anos menos do que as mulheres e têm mais doenças do coração, câncer, diabetes, além de taxa de colesterol e pressão arterial mais elevadas. “As mulheres são bem mais preocupadas com a saúde do que os homens”, pondera o médico radiologista Gustavo dos Santos Melo. A percepção é comprovada nas clínicas e consultórios, onde a presença feminina para realização de exames preventivos é predominante. 

Não há um prazo determinado para fazer revisões médicas e a recomendação varia de acordo com o histórico de cada paciente. Contudo, considerando casos de homens aparentemente saudáveis, a indicação é de visitar um clínico geral ou cardiologista uma vez por ano, a partir dos 45 anos. Para preservar a saúde e aumentar a qualidade de vida, o médico destaca alguns exames que devem ser realizados com rotina pelo homem:

- Exames cardiológicos: visam identificar e quantificar condições como hipertensão, diabetes, cardiopatia isquêmica, aumento do colesterol e de gorduras no sangue;
- Raio-X de tórax e ecografia abdominal: podem detectar condições anormais nos pulmões e mediastino, e nos órgãos abdominais, como fígado, pâncreas, rins, baço e bexiga;
- Exames de colonoscopia e endoscopia digestiva alta: podem detectar anormalidades no intestino e no estômago, respectivamente.

De acordo com Melo, os exames de imagens são auxiliares no diagnóstico, pois detectam situações em estágios, muitas vezes, inicial e que podem evoluir para problemas sérios. “O fundamental para a promoção da saúde do homem, assim como da mulher, é visitar um médico regularmente”, afirma o especialista, que também é diretor da clínica Mamorad. 

 


Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe pelo Facebook


Tags: Datas,

Notícias relacionadas:

Ou se preferir veja uma listagem com todas as notícias do i3i!

Comentários!
Use a caixa de comentários abaixo para comentar, compartilhar e interagir com os leitores do site.

O i3i também está no Facebook

Veja abaixo o que os seguidores da nossa fanpage estão dizendo sobre essa matéria.


Você também vai gostar de ...

Encontre-nos no Facebook

i3i ® 2014. Todos os direitos reservados.