Veja 6 maneiras de evitar a temida gastrite

01 de setembro de 2014, escrito por Redação i3i, na categoria Saúde

Fonte

A gastrite é conhecida por gerar um grande desconforto estomacal, além de ser uma doença inflamatória muito delicada. Quem já enfrentou essa enfermidade sabe como é complicado manter uma boa qualidade de vida com os seus sintomas, que envolvem frequente queimação e dor de estômago. A preocupação com a doença é maior porque a gastrite pode estar associada à infecção pela bactéria H.pylori, o que pode resultar em úlceras ou até em câncer. 


Queimação e dor de estômago são os sintomas mais comuns de quem têm gastrite

Normalmente, a bactéria está presente no nosso estômago e duodeno, uma vez que consegue sobreviver em lugares extremamente ácidos. Para se ter uma dimensão do problema, a Federação Brasileira de Gastroenterologia, estima que 70% dos brasileiros estejam infectados pela H.pylori.

Segundo o endoscopista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Sérgio Barrichello, se for identificada a bactéria é fundamental o tratamento, que é baseado no uso de antibióticos e pode levar de 7 a 14 dias. E o cuidado para evitar a úlcera deve ser maior em quem tem mais de 65 anos. Isso porque a maneira mais segura de confirmar a gastrite ou a presença da H.pylori é por meio da endoscopia.

"Alimentos ácidos, gorduras, cafeína e álcool devem ser banidos. Os remédios só entram em cena se, apesar das alterações no cardápio, o desconforto não acabar”, afirma o especialista. Mas existem alguns pequenos cuidados no dia a dia que podem reduzir a chance do aparecimento desta doença. Que tal ficar atento, evitar esse incômodo e manter a saúde em dia?

1. Manter uma dieta saudável e sem gorduras, incluindo verduras, legumes e frutas;

2. Cafeína, álcool e condimentos ácidos e picantes não são aconselhados porque estimulam a produção ácido-gástrica;

3. A pressa é uma grande inimiga. É importante fazer no mínimo três refeições por dia e de maneira calma e sem exageros;

4. Temperaturas extremas, isso quer dizer muito quente ou muito frio, dos alimentos também não são adequadas. Isso porque elas aumentam a secreção ácida e retardam o esvaziamento gástrico;

5. Beber líquidos com frequência é fundamental. Claro que deve ser evitado no momento das refeições;

6. Caso você esteja em tratamento contra a bactéria H. pylori, é essencial evitar alguns alimentos: café, chá preto e chocolate em excesso; bebidas alcoólicas, refrigerantes e sucos artificiais; frutas ácidas, como abacaxi; doces concentrados, como leite condensado; frituras em geral; temperos muito picantes; frios e embutidos.  


Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe pelo Facebook


Tags: Alimentos,

Notícias relacionadas:

Ou se preferir veja uma listagem com todas as notícias do i3i!

Comentários!
Use a caixa de comentários abaixo para comentar, compartilhar e interagir com os leitores do site.

O i3i também está no Facebook

Veja abaixo o que os seguidores da nossa fanpage estão dizendo sobre essa matéria.


Você também vai gostar de ...

Encontre-nos no Facebook

i3i ® 2014. Todos os direitos reservados.