Por que eu gosto de agosto?

21 de agosto de 2014, escrito por Eduardo Giez Estima

Fonte

Por que eu gosto de agosto? Não é só porque tem o dia dos pais e eu tenho um orgulho duplo em sê-lo. Nem só porque casei num fim de tarde lindo e frio há trinta anos. Nem só porque eu festejo meu aniversário nesse mês, e sempre gostei de juntar os amigos pra comemorar. Eu gosto mesmo porque agosto tem o signo do Sol, e nossos dias, aqui no sul, ficam mais longos. Agora mesmo o sol se pôs. Ele está caminhando para Oeste. Isso significa que estamos perto da primavera, que o verão vem logo aí.





Dizem que é o mês do Cachorro Louco. Eu sou Vira Lata, talvez um tanto louco.

Mas eu gosto de agosto.

Experimente apreciar esse mês. Da metade em diante. Veja que as flores estão brotando. Essas, da foto, comprei na Padre Chagas. São hortênsias. Meus avós trouxeram mudas de hortênsias da Europa nos anos 50. Hortênsias lembram minha avó Julieta, uma flor de pessoa. E hortênsias azuis lembram-me os azuis da Provance, onde íamos passar dez dias, agora em setembro. Íamos, porque quis o destino que me aparecesse um tumor no rim. Descoberto ao acaso, como todos os tumores de rins, mas que me fez mudar o foco dos últimos dias, e os planos para os próximos. A gente acaba recebendo tanta informação que tem que tratá-la para digerir e decidir. A ajuda e a parceria de amigos é muito importante nessa hora. E da família.

Mudando os planos de nossa tradicional viagem de amigos para brincar de carrinhos, também em setembro, para uma viagem cirúrgica, onde, espero, volte logo e bem.
Então, além de todos os bons motivos acima, espero voltar logo e curtir setembro aqui.

É por essas tantas que eu gosto de agosto.






Mais colunas de Eduardo Giez Estima


Eduardo Giez Estima



Empresário apaixonado por motores como quase todos brasileiros.

i3i ® 2014. Todos os direitos reservados.